quinta-feira, 19 de abril de 2012

1992 - 2012 e “Corrupção”.

Há quase vinte anos atrás, o Brasil pela primeira vez na história, derrubava um presidente sem disparo de nenhum tiro. Motivo: Dito presidente que se elegeu com a marca de combate à corrupção (caçador de marajás) foi denunciado pelo próprio irmão por envolvimento com esquemas de corrupção.

Para desavisados, isto poderia representar que lá atrás e hoje, teríamos um mesmo cenário, mas quero demonstrar as diferenças dos dois períodos, pois muitos que hoje falam pelos cotovelos, na época eram crianças ou nem eram nascidos.
Enquanto em 1992 a inflação anual chegava aos desmedidos 1.149,05% hoje temos como meta para 2012, 4,5%.

Naquela época, a preocupação central da população era a perda diária do poder aquisitivo. Dentro de um dia um produto era aumentado até mais de duas vezes, sendo que o salário 
apenas era reajustada uma vez ao mês, e nunca acompanhava as perdas.

Hoje isto é coisa do passado! Temas recorrentes hoje são copa do mundo , se vamos ou não passar vergonha, apagão aéreo, corrupção,  etc...

Em 1992, um brasileiro de classe média nem sonhava em uma viagem de avião. As manchetes eram as rodoviárias lotadas em feriados, hoje são os aeroportos. Quem diria!
Telefone era declarado em Imposto de renda e valia o preço de um terreno. Hoje, tem crianças de 12 anos que carregam um no bolso.

Hoje podemos falar de corrupção e dizer que o governo cobra muitos impostos e não faz nada. Vinte anos atrás rezávamos para que o governo nos salvasse da inflação e aceitávamos tudo para garantir um emprego e o pão na mesa. Se hoje podemos nos preocupar com corrupção é porque na história deste país alguém fez alguma coisa. Hoje Presidentes de Tribunal de Justiça e políticos famosos são presos, ou pegos nas câmeras ocultas da vida. No passado eram professores universitários que falavam mal do governo militar durante suas aulas, e no dia seguinte desapareciam.

Não acredito que a corrupção aumentou. Acredito que a percepção aumentou, e de alguma forma, aquela diminuiu. Caso contrário, não teríamos as taxas de inflação e de emprego de hoje. Hoje o governo viabiliza moradia para população carente a R$ 50,00 por mês. Em 1992, eu internaria quem dissesse uma blasfêmia dessas.

E apesar disso em 1992 eu era milionário.... Olha minha CTPS para provar:

Clique na imagem para ampliar!

Um comentário:

  1. Carolina Tomaselli19 de abril de 2012 09:53

    Complemento sua análise fazendo menção à frase: "Onde há corrupção, há escândalo". Antes, nos porões da Ditadura Militar, o que se sabia? O que era permitido. Minha avaliação vai ao encontro da sua,e que venham os escândalos!

    ResponderExcluir