segunda-feira, 25 de abril de 2011

O INÍCIO DE UMA NOVA PÁGINA.


Quando uma folha está em branco, muito pouco se necessita para preenchê-la, e com qualquer bocado de talento se consegue uma obra original.

Desafio de verdade, é continuar algo que, de forma contínua, com muitas mãos, com erros e acertos, se mostra em nossa frente como uma colcha de retalhos, que necessita reparos, organização, embelezamento e a mais difícil das tarefas: Agradar uma fatia considerável de pessoas que a contemplam.

Este “público”, em sua maioria são pessoas céticas, pessimistas, e que muitas vezes torcem pelo seu fracasso.

Alguns que torcem pelo nosso fracasso, o fazem como forma de compensar o péssimo trabalho que fizeram em seu turno quando tiveram a oportunidade de o elaborar, mas que por diversos fatores, não corresponderam nem sequer aos seus apoiadores.

Já tive a oportunidade de participar de um projeto coletivo semelhante, e que inicialmente teve certo sucesso, mas com o passar dos anos, perdeu o gás inicial, por erros estratégicos, individuais e coletivos.

Em 2012, teremos novamente que escolher um novo time, ou a continuidade do atual, para moldar e reformar a colcha de retalhos que é nossa cidade.

O talento dos que se candidatam nem sempre é determinante como fator desta tomada de decisão difícil e a garantia de que no futuro a obra se torne agradável, não parece fácil de demonstrar.

Acredito que um novo time começa a se organizar nos bastidores, e começa pelo caminho que considero o mais acertado: O Estudo do que se pode fazer, combinado com a vontade de começar desde já com as ferramentas que já temos.

Acredito na honestidade, e na boa vontade destas pessoas, que muitas vezes fazem um trabalho no qual o talento, mesmo que não esteja presente em todo o time no início, possa aflorar como resultado da construção, pois a obra e os construtores são aperfeiçoados com o processo.

Pense nisso!

2 comentários:

  1. Bom dia meu caro,

    Boa a figura do time, pois um time não ganha nada sozinho e não existem super heróis e "super estrategista", não no PT que conheço e defendo.

    Abraço

    Juarez

    ResponderExcluir
  2. Resumiste muito bem o sentimento. E, da mesma maneira, a possibilidade de construir, de re-construir, rumo a uma sociedade melhor.
    Até
    Carol

    ResponderExcluir