quinta-feira, 31 de março de 2011

ELOGIO À IGNORÂNCIA

Ignorante(s): palavra muito usada no sentido pejorativo, mas merece na verdade este elogio.

Ouvi com frequência esta palavra, muitas vezes se referindo a políticos de origem humilde, que muitas vezes pecam no português que poucos de verdade dominam.

Recentemente em minha cidade, uma entidade estudantil requereu uma audiência pública, e na hora que pessoas simples, ao defenderem sua opinião, cometiam gafes, o que menos ocorreu foi audiência, pois esta foi abafada por vaias durante as falas. (Após as falas até seriam, com muito esforço, toleráveis)

Sobre o tema das falas, defendo democraticamente o direito da referida entidade estudantil de ter e defender sua opinião, o que foi lastimável foi perceber que os estudantes, mesmo cursando o ensino superior, ainda não foram e não estão educados.

Honrar pai e mãe. Aquela orientação religiosa dos cristãos, entendo não se referiam só aos nossos pais e nossas mães mas também aos dos outros. Muitos destes estudantes, creio também tenham pais e avós de origem humilde, que para muitos assuntos, são também ignorantes, mas pela vida e pela luta, são como os vaiados, portadores de sabedorias que mal-educados jamais conseguirão distinguir.

A ignorância é uma benção em muitos casos, e principalmente para os pais dos vaiadores, que ignoravam a postura de seus filhos naquele momento. O debate foi muito positivo, mas esta mancha, infelizmente cobriu o branco da iniciativa.

Para mim ficou o desafio: será que esta entidade, como ator social, irá empunhar as demais bandeiras a qual foi convocada? Ou será ela apenas  mais um peão na mão dos tentáculos de quem hoje está no poder? 


Quem está no poder, tende a querer que as coisas não mudem, coincidentemente a posição por eles defendida!

Pensem nisso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário